Seleção de bolsistas Jovens Pesquisadores tem número record de inscritos


Publicado em 16 de Abril de 2018.

Ingressar em programas de Iniciação Científica (IC) é uma das formas de entrar em contato com a prática da pesquisa científica, mesmo antes de ingressar no ensino superior. A IC desafia o estudante do ensino médio a participar de um conjunto de ações que permitem ao jovem pesquisador produzir e socializar o conhecimento.

Neste sentido, a UniFG – Centro Universitário, vem investindo em programas que permitem aos estudantes das escolas públicas de Guanambi a participarem, como monitores bolsistas, de pesquisas que são realizadas no âmbito do Observatório UniFG do Semiárido Nordestino.

Trata-se do Programa de Iniciação Científica Jovens Pesquisadores (PICJP), que propõe o desenvolvimento de projetos do Observatório, com a participação de estudantes do ensino médio, por meio da concessão de Bolsa de Iniciação Científica. Para 2018, o processo seletivo contou com mais de 80 inscritos, número superior ao dos interessados na seleção que aconteceu em 2017.

De acordo com o Prof. Carlos Magno, coordenador do Observatório UniFG, o ingresso na IC contribui, em especial à fundamentação teórica e à familiarização com a metodologia para a pesquisa, contribuindo para a formação acadêmica dos jovens estudantes, com um processo em que o conhecimento, além de ser construído na relação ensino-pesquisa, passa a ser reavaliado e recriado, desafiando os jovens a constituírem-se pesquisadores. Além disso, os discentes tem contato com a cartografia e instrumentos de análise geográfica como o Geoprocessamento.

Os estudantes que se inscreveram para o processo seletivo realizarão prova escrita, composta por um texto dissertativo argumentativo, sobre a relevância da pesquisa aplicada para o Semiárido Nordestino, de caráter eliminatório, no dia 17/04, às 14h30, na sala 28, no campus UniFG.

 

 

Tel: (77) 3451-8400