Discentes do Mestrado em Direito da UniFG participam do I Seminário de Práticas Jurídicas em Brumado

O Núcleo Baiano de Direito e Literatura – Ser Tão esteve presente no I Seminário de Práticas Jurídicas, realizado nos dias 16 e 18 de maio de 2018, no campus XX da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Brumado. O Núcleo é composto por discentes da graduação e do Programa de Pós-Graduação stricto sensuem Direito (PPGD) do Centro Universitário UniFG.

Na ocasião foram apresentados estudos realizados a partir das discussões que ocorrem no âmbito do Núcleo e do PPGD, orientados por docentes da UniFG.  O trabalho “A importância da literatura para uma leitura hermenêutica filosófica do Direito”, de autoria de Mylena Silva e Rosa Lima Castro, foi apresentado em Comunicação Oral, no III Grupo de Trabalho de Filosofia, Sociologia, Literatura e Linguística.

O estudo discute a importância de uma leitura crítica dos manuais jurídicos, para formação de bacharéis com capacidade reflexiva, o que vem como contraponto à formação apenas de “operadores” do Direito.

Também foi apresentado o trabalho “O centro judiciário de solução consensual de conflitos como grande avanço de acesso a justiça: os resultados de sua implementação na comarca de Vitória da Conquista”, desenvolvido pelos alunos Ricelle Brandão, Rafael Gonçalves e Júlia Bahiano.

Os discentes Ricelle Barros, Rafael Gonçalves e Rafael Gonçalves ministraram minicurso com o tema “Aplicação prática da Lei de Improbidade Administrativa: O plano de fundo da operação Lava Jato”.  Neste mesmo GT, também foi apresentado trabalho de autoria do mestrando Daniel Reis Alves, em parceria com o aluno de Direito Tiago Silva Rodrigues, ambos integrantes do Ser Tão, sob o título “Garantias processuais como cláusulas pétreas: Reflexos do neoconstitucionalismo no Direito Processual contemporâneo”.