Mestrandos do PPGD da UniFG tem participação destacada no VII CIDIL

O VII Colóquio Internacional de Direito e Literatura (CIDIL) continuou com sua programação durante toda esta quarta-feira (31). Nesse segundo dia, inúmeras atividades ocorreram, dentre as quais, apresentações de trabalhos orais, em que a UniFG teve papel de destaque. Cerca de 20 trabalhos de discentes do Programa de Pós-Graduação em Direito (PPGD) e discentes da graduação em Direito, foram apresentados nos grupos de trabalhos específicos.

Fruto de uma parceria ente a Rede Brasileira Direito e Literatura (RDL) e o Programa de Pós-Graduação em Direito da UniFG, o VII CIDIL reúne docentes, estudantes de graduação e de pós-graduação na área do Direito, proporcionando um diálogo entre pesquisadores de diferentes nacionalidades e dos mais diversos níveis acadêmicos.

O mestrando Adwaldo Neto apresentou o trabalho “A guerra das rosas: presunção de inocência x colegialidade desde Henrique VI de William Shakespeare”. Nele, o discente propõe uma análise do voto da Ministra Rosa Weber no julgamento do Habeas Corpus do ex-presidente da República Luís Inácio Lula da Silva, a partir da metodologia do Direito na Literatura, utilizando a trilogia de peças teatrais escrita por Shakespeare sobre Henrique VI.

O evento acontece até a próxima sexta-feira (2/11) com apresentações de painéis e trabalhos, conferências, minicursos e mesas de discussões, além de atividades culturais, todas apoiadas pelo Centro Universitário UniFG.

VII CIDIL – Abrangendo áreas como sociologia, história, direito, letras, psicologia, artes, filosofia, entre outras áreas da ciência humano, a singularidade do VII Colóquio Internacional de Direito e Literatura reside na proposta de uma análise das memórias, promessas e impasses que atravessam a história do constitucionalismo brasileiro, com ênfase no período do constitucionalismo democrático, por meio da literatura, recorrendo tanto aos seus pressupostos teóricos quanto às narrativas ficcionais que ela nos oferece.