Docente da FG tem livro indicado ao Prêmio Jabuti 2016

O Prof. Dr. André Karam Trindade, docente do Mestrado em Direito da FG, foi indicado para o Prêmio Jabuti 2016, pela obra “Os Modelos de Juiz: Ensaios de Direito e Literatura”, escrita em parceria com o Prof. Dr. Lenio Streck. O Jabuti é o mais tradicional e consagrado prêmio do livro no Brasil.

img_8317O maior diferencial em relação a outros prêmios de literatura é a sua abrangência: além de valorizar escritores, o prêmio destaca a qualidade do trabalho de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro. O Jabuti 2016 contempla 27 categorias.

Anualmente, editoras dos mais diversos segmentos e escritores independentes de todo o Brasil inscrevem suas de obras em busca da tão cobiçada estatueta e do reconhecimento que ela proporciona. Ganhar o Jabuti representa dar à obra vencedora o lastro da comunidade intelectual brasileira, significa ser admitido em uma seleção de notáveis da literatura nacional.

“Ensaios de Direito e Literatura” – O livro dos Prof. Drs. André Karam e Lenio Streck adota a premissa de que algumas narrativas literárias, especialmente os clássicos, são mais importantes para o estudo e a compreensão do
Direito do que a maioria dos manuais jurídicos. Isso porque a literatura pode ser considerada um verdadeiro repositório de fontes para a reflexão crítica do Direito.

Assim, partindo dos pressupostos teóricos e metodológicos do estudo do Direito na Literatura, aliados à noção de modelos de juiz – formulada, originalmente, por François Ost –, os autores abordam a representação do juiz e, de modo geral, das instituições ligadas à justiça a partir de narrativas literárias.

A obra é considerada de referência nos estudos interdisciplinares de Direito e Literatura, nos níveis da graduação e da pós-graduação, realizados nas áreas das ciências humanas e sociais aplicadas.

* Com informacoes de www.emporiododireito.com.br.